Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.13/202
Título: Superdotação: conceitos, modelos de diagnóstico e intervenção psico-educativa
Autor: Pocinho, Margarida Maria Ferreira Diogo Dias
Palavras-chave: Superdotação
Inteligência
Diagnóstico
Intervenção
Educação especial
.
Centro de Artes e Humanidades
Data: 2009
Citação: POCINHO, M. (2009). Superdotação: conceitos, modelos de diagnóstico e intervenção psico-educativa, Revista Brasileira de Educação Especial, 15(1), 3-14. ISSN 1413-6538
Resumo: A definição de sobredotação não está isenta de inseguranças e de controvérsias. O conceito não é estático, está em constante evolução, sendo que a tendência actual é caracterizada pela ponderação de outras variáveis além das cognitivas e da inteligência. Segundo o World Council for Gifted and Talented Children, considerase sobredotada a pessoa com elevado desempenho ou elevada potencialidade, em qualquer dos seguintes aspectos isolados ou combinados: capacidade intelectual geral, aptidão académica específica, pensamento criativo ou produtivo, talento especial para as artes visuais, dramáticas e musicais, capacidade motora e capacidade de liderança. A multiplicidade de conceitos acaba, assim, por traduzir a multiplicidade de critérios a ter em conta na definição de sobredotação, implicando que a avaliação seja também multirreferencial, abrindo, consequentemente, um leque diversificado de propostas de intervenção assim como o recurso a diferentes agentes, procedimentos e instrumentos de avaliação.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.13/202
ISSN: 1413-6538
Aparece nas colecções:Artigos em revistas internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Superdotação.pdf38,41 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.